Full Thread: Wake up!
View Single Post
Old January 22nd, 2011 #46
Ricardo Mendonça
Moderador
 
Ricardo Mendonça's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Posts: 870
Ricardo Mendonça
Default

Quote:
Originally Posted by Nikolas Försberg View Post
Dr Albert Schweitzer, who spent most of his life in Africa, "uplifting" Negroes, received the Nobel Prize for Peace in 1952. He held several doctorate degrees. Shortly before his death, he said:

"I have given my life to alleviate the sufferings of Africa. There is something that all white men that have lived here must learn and know; that these individuals are a sub-race; they have neither the intellectual, mental or emotional abilities to equate or share in any of the functions of our civilization. I have given my life to try and bring them the advantages which our civilization must offer, but I have become well aware that we must retain this status; white, the superior, and they the inferior, for whenever a white man seeks to live among them as their equal, they will either destroy him or devour him, and they will destroy all his work; and so for any existing relationship or for any benefit to this people let white men from anywhere in the world who would come to help Africa remember that you must continually retain the status; you the master, and they inferior, like children that you would help or teach. Never fraternize with them as equals, never accept them as your social equals; or they will devour you; they will destroy you."
O Dr Albert Schweitzer, que passou a maior parte da sua vida em Africa, a auxiliar Negros, que recebeu o prémio Nobel da paz em 1952, detentor de inúmeros doutoramentos, disse, pouco antes da sua morte:

"Dediquei a minha vida ao alívio do sofrimento em África.

Existe algo que todos os homens brancos que aqui viveram já devem saber e conhecer; que estes indivíduos são uma raça inferior.

Não têm as habilidades, nem intelectuais, nem mentais, nem emocionais, para conceber ou partilhar nenhum dos meios de funcionamento da nossa civilização.

Eu dei a minha vida a tentar trazer-lhes a vantagens que a nossa civilização tem para oferecer, no entanto fiquei bem ciente de que devemos manter este estatuto; brancos, os superiores, e eles, os inferiores. Pois sempre que um homem branco procura viver entre eles como um seu igual, eles irão ou destruí-lo ou devorá-lo, e ainda destruir todo o seu labor.

Desta forma e para que a existência de uma qualquer relação seja possível e para o próprio benefício desta gente, que os homens brancos que de qualquer parte do Mundo que venham a África com o intuito de ajudar se lembrem, que devem sempre preservar o referido estatuto; vós sois os Mestres, e eles os inferiores, como crianças que vós ajudais ou ensinais. Nunca fraternizeis com eles como iguais, nunca os aceiteis como vossos iguais sociais; ou eles devorar-vos-ão, eles destruir-vos-ão."

Tradução por aki Mendonça