Vanguard News Network
VNN Media
VNN Digital Library
VNN Reader Mail
VNN Broadcasts

Old February 22nd, 2018 #281
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old March 20th, 2018 #282
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old April 7th, 2018 #283
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old April 28th, 2018 #285
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old May 3rd, 2018 #286
Werner Freitag
White SuperMacist™
 
Werner Freitag's Avatar
 
Join Date: Jul 2014
Location: Banana Republic of Brazil
Posts: 279
Werner Freitag
Default

Murdoch Murdoch: Episódios 1 a 53: um cartoon pró-branco (que frequentemente sai do ar), com a maioria dos episódios reunidos

Sam Hyde: 2070 Paradigm Shift: esse é um programa real do TEDx, em que o humorista Sam Hyde consegue se infiltrar e satiriza a esquerda. Totalmente hilário.

""What inspires me is teaching African refugees how to program Javascript"
 
Old May 13th, 2018 #287
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

Moonman - Capítulo 8 Versículo 6

https://www.dailymotion.com/video/x3pux2g
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old July 1st, 2018 #288
Werner Freitag
White SuperMacist™
 
Werner Freitag's Avatar
 
Join Date: Jul 2014
Location: Banana Republic of Brazil
Posts: 279
Werner Freitag
Default

FARMLANDS (2018): Lauren Southern melhorou no meu conceito.
 
Old July 9th, 2018 #289
Willers
Junior Member
 
Willers's Avatar
 
Join Date: Sep 2014
Posts: 22
Willers
Default

Quote:
Originally Posted by Werner Freitag View Post
FARMLANDS (2018): Lauren Southern melhorou no meu conceito.
https://www.youtube.com/watch?v=a_bDc7FfItk
O tema obviamente é sério, porém essa Lauren não subiu sequer uma fração de ponto no meu conceito, a visão que tive é que ela estava muito mais interessada em auto-promoção do que no tópico em si.
Acho que o ponto positivo que se destacou dos outros foram os primeiros 10 minutos onde ela conta o resumo da história da África do Sul.
Quero deixar alguns dos pontos negativos também:
1- Ela basicamente começa com:
Quote:
Desde quando eu comecei meu trabalho em política[...]
hahahahaha Isso aqui tem tantos erros que nem vou falar mais nada sobre. hahahahahaha

2- Achei realmente tosco o fato de basicamente a cada quadro ela estar com uma roupa e maquiagem bem diferentes e ultra elaboradas (qual era o foco do "documentário"?).

3- Mascando chiclete e cara de "super interessada" enquanto "escuta" o cara - 13:52 até 14:08 (e ainda tem gente comentando que aquilo é jornalismo de verdade e que a Lauren merecia um prêmio pelo trabalho).

adicionais de um jornalismo "sério e engajado":
0:37 até 0:39 - O que foi isso? Tentando ser modelo?!

1:33 - Unhas de "mulher exemplar" que nunca lavou uma louça ou cozinhou na vida (mas critica feminismo na internet).

49:27 - Brincando com gato.

Alguns dos TANTOS (sério, foi exagerado) momentos em que ela foi filmada pelas costas (quase todas com roupas coladas/curtas (enfim: chamativas)):
15:23
55:44
58:12
59:16

Resumindo a história: Lauren estava muito mais preocupada em parecer charmosa e "cool" do que tratar sobre o tema. Tanto que ela poderia ter explorado muito mais as atitudes "we wuz kangz n' sheit" e mostrar para liberalóides e conservadores desavisados o quão ingênuos eles estão sendo não se importando com a questão etnica, a Lauren poderia, por exemplo: ter entrevistando/mostrando crianças que ficaram sem possibilidade de estudos depois de queimarem escolas... mas não, na parte do acampamento, eles ainda dão um close é no anão na hora de irem embora - parece que queriam fazer o pessoal ali parecer naturalmente (sem as invasivas dos pretos) o mais tosco e sem jeito possível (ao estilo: "olhem que bando de trash lowlifes). Ela explorou muito mal Orania, poderia ter falado mais da educação lá, de onde vem a economia da comunidade e se tem adultos que não trabalham por exemplo... ela poderia ter mostrado muita coisa boa sobre Orania mesmo em pouco tempo (aquilo de baixo índice de criminalidade sozinho não é lá essas coisas, conheço cidades no interior até aqui mesmo no Brasil, em que pessoas vivem um estilo de vida bem parecido... um estilo de vida daqueles (janelas de carros abaixadas, chaves na ignição) era bem comum até uma década atrás também), mas do modo que ela pintou Orania, ela deixou espaços para desavisados pensarem que aquilo é tipo um culto de gente alarmista e meio doida (sendo que ela mesma questiona isso na narração e as respostas são justificativas não tão convincentes do contrário ("ah, mas os pretos bantus (que critiquei fortemente no começo do vídeo) tem um território politicamente igual onde brancos não podem viver também")).
Sinceramente esse documentário muitas vezes soava como uma sátira, querendo fazer os brancos que vivem aquela realidade parecerem alarmistas e perdedores por natureza. E os outros que se importam com isso parecerem fúteis e meio retardados.

_

Bom, e se alguém pensar/falar: "mas é muito melhor uma pessoa querer se promover falando de temas sérios do que de temas fúteis (porque ela acaba espalhando os temas sérios - mesmo que o foco dela seja mostrar o decote e ganhar atenção e dinheiro)"... a verdade é que: nem tanto, no fim das contas da no mesmo, ficou na cara que a Lauren estava ali mais para passeio e buscando visualizações (e bonificações monetárias) do que estava engajada no tópico de verdade e isso resultou num trabalho feito pelas coxas que poderia ser bem mais elaborado (até porque os recursos ela já mostrou que tinha - foi questão do mindset de quem estava produzindo a obra e quais eram os verdadeiros interesses ali por trás). alguém assim jamais vai abdicar de si mesmo por qualquer ideal (não estou exigindo que alguém seja uma semi-deusa, nem sequer um mártir, mas essa Lauren não serve nem para esposa (ainda mais com um passado desses e mostrando que não mudou nada em essência), então...).
Aliás, estou para ver uma mulher pública que leve algum tema desse tipo a sério ainda e não use isso tudo majoritariamente apenas para fins monetários e/ou atenção masculina.

No mais, aquela parte do acampamento só mostra o quanto ser white trash é uma posição social que nenhum de nós deveria aceitar - ainda mais se estamos em um ambiente etnicamente "enriquecido".
E, sinceramente, acho que todos os brancos que pudessem sair de lá: que saíssem. E fossem para países melhores e que ainda podem ser salvos etnicamente, não tem que ficar de pieguice com a África (nem com Brasil).
Acredito que a melhor solução para aquela situação seja um país como a Austrália realmente abraçar de vez a ideia de sul-africanos brancos refugiados + uma ONG mantida por doações arrumar o dinheiro das passagens e provisões básicas para eles começarem a vida por lá. E os que não quiserem sair... bom, isso é a Seleção Natural trabalhando.
Agora, perceberam como quando a água bate no peito as pessoas vão aprender a nadar?! Lá tem grupos organizados se preparando para uma possível guerra civil... será preciso a Europa chegar naquele ponto para os europeus comuns realmente levarem a sério a situação em seus próprios países?

p.s. minha teoria pessoal de não confiar moralmente ou intelectualmente em qualquer um com o cabelo oxigenado tem se mostrado verdadeira sempre. hahaha
 
Old July 9th, 2018 #290
Werner Freitag
White SuperMacist™
 
Werner Freitag's Avatar
 
Join Date: Jul 2014
Location: Banana Republic of Brazil
Posts: 279
Werner Freitag
Default

Quote:
Originally Posted by Willers View Post
O tema obviamente é sério, porém essa Lauren não subiu sequer uma fração de ponto no meu conceito, a visão que tive é que ela estava muito mais interessada em auto-promoção do que no tópico em si.
Acho que o ponto positivo que se destacou dos outros foram os primeiros 10 minutos onde ela conta o resumo da história da África do Sul.
Quero deixar alguns dos pontos negativos também:
1- Ela basicamente começa com:
hahahahaha Isso aqui tem tantos erros que nem vou falar mais nada sobre. hahahahahaha

2- Achei realmente tosco o fato de basicamente a cada quadro ela estar com uma roupa e maquiagem bem diferentes e ultra elaboradas (qual era o foco do "documentário"?).

3- Mascando chiclete e cara de "super interessada" enquanto "escuta" o cara - 13:52 até 14:08 (e ainda tem gente comentando que aquilo é jornalismo de verdade e que a Lauren merecia um prêmio pelo trabalho).

adicionais de um jornalismo "sério e engajado":
0:37 até 0:39 - O que foi isso? Tentando ser modelo?!

1:33 - Unhas de "mulher exemplar" que nunca lavou uma louça ou cozinhou na vida (mas critica feminismo na internet).

49:27 - Brincando com gato.

Alguns dos TANTOS (sério, foi exagerado) momentos em que ela foi filmada pelas costas (quase todas com roupas coladas/curtas (enfim: chamativas)):
15:23
55:44
58:12
59:16

Resumindo a história: Lauren estava muito mais preocupada em parecer charmosa e "cool" do que tratar sobre o tema. Tanto que ela poderia ter explorado muito mais as atitudes "we wuz kangz n' sheit" e mostrar para liberalóides e conservadores desavisados o quão ingênuos eles estão sendo não se importando com a questão etnica, a Lauren poderia, por exemplo: ter entrevistando/mostrando crianças que ficaram sem possibilidade de estudos depois de queimarem escolas... mas não, na parte do acampamento, eles ainda dão um close é no anão na hora de irem embora - parece que queriam fazer o pessoal ali parecer naturalmente (sem as invasivas dos pretos) o mais tosco e sem jeito possível (ao estilo: "olhem que bando de trash lowlifes). Ela explorou muito mal Orania, poderia ter falado mais da educação lá, de onde vem a economia da comunidade e se tem adultos que não trabalham por exemplo... ela poderia ter mostrado muita coisa boa sobre Orania mesmo em pouco tempo (aquilo de baixo índice de criminalidade sozinho não é lá essas coisas, conheço cidades no interior até aqui mesmo no Brasil, em que pessoas vivem um estilo de vida bem parecido... um estilo de vida daqueles (janelas de carros abaixadas, chaves na ignição) era bem comum até uma década atrás também), mas do modo que ela pintou Orania, ela deixou espaços para desavisados pensarem que aquilo é tipo um culto de gente alarmista e meio doida (sendo que ela mesma questiona isso na narração e as respostas são justificativas não tão convincentes do contrário ("ah, mas os pretos bantus (que critiquei fortemente no começo do vídeo) tem um território politicamente igual onde brancos não podem viver também")).
Sinceramente esse documentário muitas vezes soava como uma sátira, querendo fazer os brancos que vivem aquela realidade parecerem alarmistas e perdedores por natureza. E os outros que se importam com isso parecerem fúteis e meio retardados.

_

Bom, e se alguém pensar/falar: "mas é muito melhor uma pessoa querer se promover falando de temas sérios do que de temas fúteis (porque ela acaba espalhando os temas sérios - mesmo que o foco dela seja mostrar o decote e ganhar atenção e dinheiro)"... a verdade é que: nem tanto, no fim das contas da no mesmo, ficou na cara que a Lauren estava ali mais para passeio e buscando visualizações (e bonificações monetárias) do que estava engajada no tópico de verdade e isso resultou num trabalho feito pelas coxas que poderia ser bem mais elaborado (até porque os recursos ela já mostrou que tinha - foi questão do mindset de quem estava produzindo a obra e quais eram os verdadeiros interesses ali por trás). alguém assim jamais vai abdicar de si mesmo por qualquer ideal (não estou exigindo que alguém seja uma semi-deusa, nem sequer um mártir, mas essa Lauren não serve nem para esposa (ainda mais com um passado desses e mostrando que não mudou nada em essência), então...).
Aliás, estou para ver uma mulher pública que leve algum tema desse tipo a sério ainda e não use isso tudo majoritariamente apenas para fins monetários e/ou atenção masculina.

No mais, aquela parte do acampamento só mostra o quanto ser white trash é uma posição social que nenhum de nós deveria aceitar - ainda mais se estamos em um ambiente etnicamente "enriquecido".
E, sinceramente, acho que todos os brancos que pudessem sair de lá: que saíssem. E fossem para países melhores e que ainda podem ser salvos etnicamente, não tem que ficar de pieguice com a África (nem com Brasil).
Acredito que a melhor solução para aquela situação seja um país como a Austrália realmente abraçar de vez a ideia de sul-africanos brancos refugiados + uma ONG mantida por doações arrumar o dinheiro das passagens e provisões básicas para eles começarem a vida por lá. E os que não quiserem sair... bom, isso é a Seleção Natural trabalhando.
Agora, perceberam como quando a água bate no peito as pessoas vão aprender a nadar?! Lá tem grupos organizados se preparando para uma possível guerra civil... será preciso a Europa chegar naquele ponto para os europeus comuns realmente levarem a sério a situação em seus próprios países?

p.s. minha teoria pessoal de não confiar moralmente ou intelectualmente em qualquer um com o cabelo oxigenado tem se mostrado verdadeira sempre. hahaha
Olá para você também, Willers.
É, o Stormfront tá um lixo.
O que você faz fora do Daily Stormer?

Por sinal, fiquei sabendo que os russos estão resgatando uns africâneres daquele lixão.
https://bbs.thegoyimknow.to/t/russia...-africa/290988

Eu comentei na pressa, geralmente eu assisto esses vídeos enquanto limpo a casa ou faço outras coisas. Eu quis dizer que ela subiu "um pouquinho no meu conceito", mas ficou assim mesmo. Esse documentário pode servir para um pessoal de direita mais normie, mas enfim.
O que eu achei bom foi abordar o tema do "Genocídio Branco", nesses termos, ajudar a popularizar isso, que geralmente você vê em vídeos colados na Internet (não tem livros, por exemplo) de simples ativismo, e que são censurados. E isso é mesmo algo polêmico para alguém da Alt-Lite.

Mas você tem razão de criticar.
Para mim, além do fato de ela ser mulher (não devemos ter mulheres nos postos de liderança e nem distraindo nossos objetivos), é o fato de ser uma attention whore (difícil achar uma adolescente ou mulher que não seja hoje) de uma baixeza indescritível.



Ou seja: nem mesmo para ser uma waifu WN de nerds 4chan de computador ela serve. É incrível que essas vagabundas não possam controlar a boceta mesmo quando todo mundo sabe que elas só querem dinheiro e fama e usam da política para isso. Tem que sempre ter podres grotescos. E eu acho que é nesses podres que ela se safa na censura do Youtube para posar como Alt-Lite e "não racista, muh cultura ocidental".

Confesso que muito do que você me falou me passou despercebido. Mas para mim não tem como piorar muito. Ou talvez seja isso mesmo que me impressionou.

E bom saber que não sou o único que não consegue levar a sério loiras oxigenadas, já fui chamado de veado por reparar no cabelo fake de umas vagabundas.

***

Mas bom saber que você voltou, Willers.
De parceria, se cadastra no Daily Stormer.

EDIT: Não sei se não foram encerradas as inscrições para membros do site.
 
Old July 13th, 2018 #291
Willers
Junior Member
 
Willers's Avatar
 
Join Date: Sep 2014
Posts: 22
Willers
Default

Quote:
Originally Posted by Werner Freitag View Post
Olá para você também, Willers.
...
Olá Werner,
primeiramente nem sabia se minha mensagem iria ser aprovada, minha conta até hoje não foi liberada aqui.
fico feliz em saber que você não faz parte do clube dos manginas que apoiam essas att-whores, infelizmente muitos entre nós caem nesse nicho e dão todo apoio cego para esses vampiros sociais e monetários. E sem duvidas essas oxigenadas são um repelente.

Tem muitos que são enganados por esses adornos (ou até desejam que usem esses adornos por terem fetiches em nórdicas). Mas a natureza é sempre justa, por mais que a pele ou os olhos da um ser sejam claros, sempre irá aparecer algum traço - quer seja a raiz do cabelo, sobrancelhas... ou simplesmente o comportamento libidinoso - típico desses seres que pintam o cabelo de outra cor e que não é comum em pessoas naturais e estáveis mentalmente.
Geopolítica e ideologias hoje estão cada vez mais complexas - é claro que tem o problema óbvio dessas att-whores, mas o quadro geral é muito mais detalhado: temos aos montes seres "conservadores" que apoiam a visão cuck cristã pró judaica (ou seja, por mais que esses se esforcem, no fim, não irão mudar nada), temos também vários seres acordados na J.Q., mas que só querem ficar falando disso (masturbação intelectual - que certamente nunca trás resultados)... é curioso como, por exemplo, um persa-iraniano (Roosh V) tem feito indiretamente mais pelo pensamento justo do que muitos da alt-right juntos: ele busca melhorar o pensamento de quem quer ser ajudado sempre lembrando que o que importa é a ação e não o falatório, coisa que muitos no nosso meio esquecem e se afundam mais e mais em questões vazias e sem efeitos.
-
E quanto ao resto, é a velha história: (a falta de) tempo. Tenho estudado muito, me dedicado ao trabalho do corpo... de modo que a "vida online" já me saturou, o que vale dos fóruns é mais a camaradagem do que qualquer coisa, e como você mesmo disse: o SF decaiu demais... mas, antes mesmo dessa moção dos organizadores do SF de limitar as postagens, a área brasileira já estava uma várzea, fui banido unicamente por criticar a moderação, o Ian Smith me deu uns dois banimentos provisórios e deu um último (sendo que nem tinha falado nada especial nesse ultimo - nem mesmo criticado o "profissionalismo" do mocinho português de sentimentos frágeis) permanente - de novo: apenas porque havia criticado o trabalho da moderação, sendo que nós tínhamos todo tipo de trolls soltos lá, e o Ian Smith não dava mínima. Enfim, a questão é que o retorno já não está sendo útil nem para contato mais. Não quero ficar perdendo tempo com algo totalmente vão e estéril.
Bom, se minha conta for aprovada aqui, podemos nos falar por PM sempre que der meu caro. : )
 
Old July 29th, 2018 #293
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old August 17th, 2018 #294
Werner Freitag
White SuperMacist™
 
Werner Freitag's Avatar
 
Join Date: Jul 2014
Location: Banana Republic of Brazil
Posts: 279
Werner Freitag
Default

Sam Hyde - Thank You, White People
 
Old August 21st, 2018 #295
Werner Freitag
White SuperMacist™
 
Werner Freitag's Avatar
 
Join Date: Jul 2014
Location: Banana Republic of Brazil
Posts: 279
Werner Freitag
Default

Von Thronstahl (2007) - Sacrificare

Von Thronstahl + The Days Of The Trumpet Call (2010) – Pessoa/Cioran (Re-ed 2004)

Von Thronstahl + Spreu & Weizen (2011) - Pan European Christian Freedom Movement

Von Thronstahl (2012) - Corona Imperialis
 
Old August 25th, 2018 #296
Werner Freitag
White SuperMacist™
 
Werner Freitag's Avatar
 
Join Date: Jul 2014
Location: Banana Republic of Brazil
Posts: 279
Werner Freitag
Default

Byron de la Vandal - Stiff Upper Lip

Code:
I don’t think I’ll read the paper today
All of these bombings and killings fill me with a bitter taste
In my mouth

Something feels wrong on the streets of Manchester
The drawn sullen faces of passersby tell me this isn’t the end
It will happen again

And a new day has broke over Buckingham palace
A unit of Royal Guards solemnly lower their Union Jack
To fly at half mast

And on London bridge they’re falling down
Let the bodies hit the ground
London bridge they’re falling down
My dear lady

Father please tell me of when you were little?
How you could walk on the street where you live
Without having to fear
dark men with dark beards

What the fuck happened to Britain my country?
Why are there women in veils on the streets speaking foreign tongues?
Where once there were none?

On London bridge they’re falling down
Let the bodies hit the ground
London bridge they were cut down
My dear lady

Something is coming just stop and you’ll hear it
A strong cup of tea and a stiff upper lip is no match for a fist
And so I enlist

So to all of you traitors and all of you cuckolds
A ballot or bullet we’ll retake our homes bit by bit till we’ve won
And all the ballots are gone

Cause on London bridge they were cut down
See the bodies on the ground
London bridge they were cut down
My dear lady

I don’t think I’ll read the paper today
All of these bombings and killings fill me a white hot hatred
In my heart

On London bridge they were cut down
See the bodies on the ground
London bridge they were cut down
My dear lady

Last edited by Werner Freitag; August 25th, 2018 at 08:40 PM.
 
Old August 27th, 2018 #297
Werner Freitag
White SuperMacist™
 
Werner Freitag's Avatar
 
Join Date: Jul 2014
Location: Banana Republic of Brazil
Posts: 279
Werner Freitag
Default

Von Thronstahl - Ganz In Weiss Und Ganz In Eisen

Letra (alemão):
Code:
Zwischen gestern-spät und heute-früh steh ich im Niemandsland
Schlage Wurzeln, treibe Früchte, Zeit ist nicht mehr relevant
Stehe hier in Gottes Gnaden und die Welt perlt an mir ab
Und ein angeborenes „Vorwärts" hält den Herzschlag mir auf Trab

Ganz in Weiß und ganz in Eisen ziehen wir durch Feindesland
Beugen uns vor keinem Götzen, brechen jeden Widerstand

Schenk uns heute deinen Segen, sieh wir kommen dir entgegen
Ganz in Weiß und ganz in Eisen
Ganz in Eisen und ganz in Weiß

Friedensengel, zähnefletschend, steigt aus dem Meer empor
Dieser Frieden ist verletzend, Welt im Taumel sieh dich vor!
Maskenbildner, Pazifisten, Herr der Fliegen, Utopie
Lämmer an den Futtertrögen erringen keinen Sieg

Steht das Schlachtvieh in den Ställen, kalter Angstschweiß, keine Glut
Marschieren Friedenstruppen, knöcheltief durch Schweineblut
Zwischen Sodom und Gomorrha, Menschenopfer, freie Wahl
Licht der Welt, strahl uns entgegen, leuchte uns durchs Finstertal

Ganz in Weiß und ganz in Eisen ziehen wir durch Feindesland
Beugen uns vor keinem Götzen, brechen jeden Widerstand
 
Schenk uns heute deinen Segen, sieh wir kommen dir entgegen
 
Ganz in Weiß und ganz in Eisen
Ganz in Eisen und ganz in Weiß

Freiheitskrampf und Volksverblödung, Kinderporno, Sodomie
Menschheitsabstieg unter Tage, Höhlenmensch, modernes Vieh
Bindungslose Menschenmasse, blindlings hinters Licht geführt
Keine Klasse, keine Rasse, zu einem Brei mutiert
Ganz in Weiß und ganz in Eisen blicke ich ins Weltenall
Ordnung ist der Welt verheißen, Heimkehr nach dem Sündenfall

Zwischen gestern-spät und heute-früh steh ich im Niemandsland
Schlage Wurzeln, treibe Früchte, Zeit ist nicht mehr relevant
Ganz in Weiß und ganz in Eisen ziehen wir durch Feindesland
Beugen uns vor keinem Götzen, brechen jeden Widerstand

Schenk uns heute deinen Segen, sieh wir kommen dir entgegen

Ganz in Weiß und ganz in Eisen
Ganz in Eisen und ganz in Weiß

Schenk uns heute deinen Segen, sieh wir kommen dir entgegen

Ganz in Weiß und ganz in Eisen
Ganz in Eisen und ganz in Weiß

[Ganz in Eisen, groß! Tausend dahinter, das Heer!]
Tradução (português): por Estivador Arguto
Code:
Entre um ontem tardio e um hoje prematuro, cá estou na terra de ninguém
Estirpe enraizada, fruta revigorante, o tempo não é mais relevante
Aqui estou nas graças de Deus e o mundo não me perturba mais
E um inato “avante!” mantém meu coração batendo

Todos de branco e todos de aço avançamos nós pelas terras inimigas
Não nos curvamos a nenhum falso deus, quebramos qualquer resistência

Dê-nos hoje tua bênção, veja-nos chegar em direção a ti
Todos de branco e todos de aço
Todos de aço e todos de branco

O anjo da paz ascende do mar mostrando seus dentes
Essa paz é blasfema, o mundo em frenesi, veja por si mesmo!
Embusteiros, pacifistas, senhor das moscas, utopia
Ovelhas no comedouro não obtêm vitória nenhuma

O gado se mantém nos estábulos, com o mais frio suor de agonia, somente apatia
Marcham as tropas da paz, até a cintura com o sangue dos porcos
Entre Sodoma e Gomorra, sacrifícios humanos, voto livre
Luz do mundo, brilha sobre nós, ilumina-nos através das trevas

Todos de branco e todos de aço avançamos nós pelas terras inimigas
Não nos curvamos a nenhum falso deus, quebramos qualquer resistência

Dê-nos hoje tua bênção, veja-nos chegar em direção a ti

Todos de branco e todos de aço
Todos de aço e todos de branco

Lutas por liberdades e imbecilização geral, pornografia infantil, sodomia
Decadência da humanidade para baixo da terra, homem das cavernas, gado moderno
Homens de massa sem nenhuma lealdade, paulatinamente sendo levados à escuridão
Sem classe, sem raça, transformando-se numa mistura
Todo de branco e todo de aço eu contemplo o universo
A ordem é a promessa do mundo, e seu retorno trará fim ao caos

Entre um ontem tardio e um hoje prematuro, cá estou na terra de ninguém
Estirpe enraizada, fruta revigorante, o tempo não é mais relevante
Todos de branco e todos de aço avançamos nós pelas terras inimigas
Não nos curvamos a nenhum falso deus, quebramos qualquer resistência

Dê-nos hoje tua bênção, veja-nos chegar em direção a ti

Todos de branco e todos de aço
Todos de aço e todos de branco

Dê-nos hoje tua bênção, veja-nos chegar em direção a ti

Todos de branco e todos de aço
Todos de aço e todos de branco

[Todos de aço, grandes! Milhares seguem, o exército!]

Last edited by Werner Freitag; August 27th, 2018 at 07:59 PM.
 
Old December 8th, 2018 #298
Werner Freitag
White SuperMacist™
 
Werner Freitag's Avatar
 
Join Date: Jul 2014
Location: Banana Republic of Brazil
Posts: 279
Werner Freitag
Default

Roger Scruton - Why Beauty Matters? (Por que a beleza importa?)
 
Old August 19th, 2019 #299
Werner Freitag
White SuperMacist™
 
Werner Freitag's Avatar
 
Join Date: Jul 2014
Location: Banana Republic of Brazil
Posts: 279
Werner Freitag
Default

Weakness is Sickness (Fashwave Remix) feat. Waggener

P.S.: Procurem o termo fashwave no YouTube.

Last edited by Werner Freitag; August 19th, 2019 at 09:27 PM.
 
Reply

Share


Thread
Display Modes


All times are GMT -5. The time now is 09:59 AM.
Page generated in 0.17032 seconds.