Vanguard News Network
VNN Media
VNN Digital Library
VNN Reader Mail
VNN Broadcasts

Old March 10th, 2011 #81
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

Se houver refugiados Líbios a Europa só tem uma saída ... recebê-los.



António Guterres diz que Europa deve dar prioridade ao sofrimento dos líbios.

O receio de que refugiados líbios procurem a Europa não se pode sobrepor às mortes e ao sofrimento dos líbios, segundo palavras de António Guterres.

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados defende que se houver um êxodo líbio, a Europa deverá abrir as suas portas.

http://www.rtp.pt/noticias/?headline...article=419196
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old March 10th, 2011 #82
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

Portugal mantém 2º lugar no ranking de políticas de migração

Portugal mantém-se no segundo lugar do ranking internacional de políticas de integração de migrantes, liderado pela Suécia e do qual constam 31 países.


Num comunicado hoje divulgado, a Presidência do Conselho de Ministros refere que para esta classificação "foi particularmente relevante o 1.º lugar atribuído a Portugal no 'ranking' do acesso à nacionalidade (com a Lei da Nacionalidade portuguesa a ser assim considerada como a melhor do mundo desenvolvido)".

A nota refere ainda "o 1.º lugar atribuído a Portugal nas políticas de reagrupamento familiar (na sequência da Lei de Estrangeiros, de 2007)".

Na preparação do relatório, que analisa 31 países da Europa e da América do Norte tendo em conta 148 indicadores, colaboraram também peritos e instituições independentes.

Portugal ficou ainda em 2.º lugar na integração dos imigrantes no mercado de trabalho (a Suécia lidera este ponto), 4.º no acesso dos imigrantes à educação (Suécia) e no acesso a autorizações de residência permanentes (Bélgica), 5.º nas políticas anti-discriminação (Canadá e Estados Unidos da América) e 7.º na participação política dos imigrantes (Noruega).

O comunicado lembra que o relatório "refere positivamente os Planos para a Integração de Imigrantes de 2007-2009 e de 2010-2013, a Lei de Estrangeiros, de 2007, os programas para reforçar a inserção dos imigrantes no mercado de trabalho e o reforço do Programa Escolhas, agora na sua 4.ª Geração".

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/no...as-de-migracao


Ministro da Presidência congratula-se com lugar de Portugal no ranking das políticas de integração




“Fico muito satisfeito por esta excelente notícia, sobretudo um reconhecimento internacional que honra e dignifica as políticas sociais em Portugal”, disse hoje Pedro Silva Pereira em declarações à agência Lusa.

Portugal mantém-se no segundo lugar do ranking internacional de políticas de integração de migrantes - Índex de Políticas de Integração de Migrantes -, liderado pela Suécia e do qual constam 31 países.

“Para mim é muito importante notar que os aspetos que valorizaram mais a posição portuguesa são aqueles que são mais decisivos para os imigrantes”, afirmou.

Pedro Silva Pereira lembrou que “a lei da nacionalidade portuguesa é considerada a melhor lei do mundo desenvolvido” e que “no aspeto do reagrupamento familiar, que é tão importante para a realização e integração nas sociedades de acolhimento, Portugal está em primeiro lugar”.

“E nos aspetos que tem que ver com o acesso ao mercado de trabalho e à educação Portugal também aparece nos primeiros lugares”, disse.

Para o ministro, “é muito importante que neste momento de crise os países, a começar pelos europeus, permaneçam atentos ao respeito pelos direitos dos imigrantes”.

“Transformámos a política de integração de emigrantes num dos pilares de uma nova geração de políticas sociais. Com uma atitude humanista, atenta à integração dos imigrantes, uma postura simultaneamente de solidariedade e de justiça para com os imigrantes e que honra muito a tradição de um país de emigração”, concluiu.

http://www.destak.pt/artigo/88823-mi...-de-integracao
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old March 11th, 2011 #83
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default "Treinador do PSG faz muito pela raça negra"



O antigo jogador do Benfica e do PSG admira o técnico Antoine Kombouaré, com quem jogou no clube de Paris.

"O Benfica vai encontrar uma equipa aguerrida, à imagem do seu treinador".

Valdo tem o coração dividido. "Estou meio, meio." Se o Benfica vencer, fica feliz. Se o PSG ganhar, idem. O brasileiro não toma partidos nem vai em favoritismos. Diz que, historicamente, os encarnados podem ter vantagem, até porque estão a jogar bem. E em casa. "Mas nunca se sabe..."

Valdo gosta do treinador Antoine Kombouaré. "O António", como o chama, "foi um grande companheiro nos tempos do PSG." Quase, quase "um irmão". Com ele partilhou a vitória histórica sobre o Real Madrid (4-1, no Parque dos Príncipes) na Taça UEFA em 1992/93. E com ele tem vivido a realidade do PSG por dentro nestes últimos tempos. "Vou muito a Paris e ele convida-me a assistir aos treinos. Conheço a equipa muito bem. E agrada-me o trabalho que está a fazer, fundamentalmente porque está a fazer muito pela nossa raça. Pela raça negra", diz Valdo.

Para o antigo internacional brasileiro, não há preconceitos ou barreiras. "Há apenas uma realidade. Basta contar quantos treinadores de raça negra existem". Kombouaré tem o PSG a cinco pontos do líder do campeonato francês (o Lille) e aposta numa gestão do plantel. O Benfica não vai encontrar o "fortíssimo" Giuly nem o "porreiríssimo" Makelele - mas, lá está, "nunca se sabe..."

"O Benfica vai encontrar uma equipa aguerrida, à imagem do seu treinador. Tenho a certeza que vai ser um grande jogo"

O Benfica-PSG, primeira-mão dos oitavos-de-final da Liga Europa, disputa-se hoje às 20h05, no Estádio da Luz, com transmissão televisiva da SIC.

http://aeiou.expresso.pt/treinador-d...864#commentbox








http://aleph0.clarku.edu/huxley/comm/ScPr/owen.html

http://home.clara.net/rfthomas/papers/paran.html

http://www.churchofthesonsofyhvh.org...ifferences.htm

http://www.ety.com/HRP/race/negrocomparison.htm

http://books.google.pt/books?id=EYql...0skull&f=false

http://nationalvanguard.org/2010/09/...angerous-myth/












http://yun.complife.ru/100facts.htm





http://img514.imageshack.us/i/hominidlinevn6.jpg/









On the peculiarities of the Negro brain

http://neurophilosophy.wordpress.com...e-negro-brain/

http://erectuswalksamongst.us/

__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.

Last edited by RickHolland; March 11th, 2011 at 01:00 PM.
 
Old March 11th, 2011 #84
Jonas Hoffmann
Comandante NS
 
Jonas Hoffmann's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Brasilia/Rio Grande do Sul/Portugal
Posts: 366
Blog Entries: 5
Jonas Hoffmann
Default

Isso é muito bom para estudo.
__________________
"Não há preto nas cores do Zenit"

"Apenas o chicote poderá civilizar o NEGRO" - Ten. do Rei Leopoldo II
 
Old March 11th, 2011 #85
Jonas Hoffmann
Comandante NS
 
Jonas Hoffmann's Avatar
 
Join Date: Dec 2010
Location: Brasilia/Rio Grande do Sul/Portugal
Posts: 366
Blog Entries: 5
Jonas Hoffmann
Default

Jogador brasileiro é vítima de racismo no futebol da Rússia


A Federação Russa de Futebol iniciou uma investigação para apurar um incidente racista ocorrido no último sábado contra o jogador brasileiro Welliton.

O incidente aconteceu durante um jogo da liga russa de futebol entre o Spartak de Moscou, clube de Welliton, e o Krylia Sovetov, na cidade de Samara.

Quando o atacante entrou em campo, no segundo tempo, torcedores do próprio Spartak teriam pendurado nas grades um cartaz com os dizeres:

"A camisa 11 é só do Tíjonov. ''Monkey go home'' (Macaco, vá para casa)", uma referência direta a Welliton, que desde que começou a jogar no time russo, há um mês, é o novo dono da camisa onze. O Spartak pagou ao Goiás US$ 6 milhões pelo passe do jogador.

Andrei Tíjonov, de 36 anos, foi por muitos anos o capitão do Spartak e hoje joga como meio de campo para o Khimki, de Moscou.
__________________
"Não há preto nas cores do Zenit"

"Apenas o chicote poderá civilizar o NEGRO" - Ten. do Rei Leopoldo II
 
Old March 12th, 2011 #86
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

Dezenas de milhares saíram às ruas contra a precariedade laboral

Dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas, esta tarde, contra a precariedade laboral, iniciativa organizada pelo movimento Geração à Rasca. Ainda não há números oficiais, mas a estimativa dos organizadores aponta para 200 mil pessoas em Lisboa e cerca de 80 mil no Porto.

Na Avenida da Liberdade, a excitação tomou conta da população quando os Homens da Luta chegaram ao local, a cantar a sua música em cima de uma carrinha de caixa aberta, o que lhes valeu uma grande salva de palmas. Os músicos Fernando Tordo e Nuno Norte também marcaram presença ao lado da dupla de comediantes, aos quais se juntou os Blasted Mechanism, que arrastaram igualmente centenas de pessoas da Avenida da Liberdade ao Rossio.

Pessoas com idades entre os 15 e os 55 anos juntaram-se ao protesto, deitando por terra a ideia de que seria apenas uma manifestação de jovens precários. Entre actores, jornalistas, cantores, pessoas de variados campos profissionais compõem a manifestação. A BOLA testemunhou igualmente a presença de um médico, que justificou a sua presença pelo «estado actual da Saúde e a revolta» que sente todos os dias com «a atitude das pessoas para com os mais idosos.»

As pessoas começaram a descer o Marquês de Pombal em direcção ao Rossio e apanharam um segundo grupo de manifestantes que iniciou a marcha no Cinema São Jorge. A praça do Rossio encheu-se de manifestantes que cantaram palavras de ordem pela liberdade e contra a precariedade laboral.

Vários deputados comunistas, como Rita Rato, João Oliveira, Miguel Tiago e Bruno Dias juntaram-se aos manifestantes, bem como alguns deputados do Bloco de Esquerda, como Helena Pinto.

Também o ex-candidato presidencial José Manuel Coelho esteve presente na Marcha. Em declarações à RTP, o madeirense disse que «o povo tem que se unir» e chamou o primeiro-ministro, José Sócrates, de «traidor» e de Miguel Vasconcelos dos novos tempos, lembrando que «há 300 anos o povo uniu-se contra Miguel Vasconcelos que quis entregar os portugueses aos espanhóis». Para José Manuel Coelho, Sócrates «traiu a pátria» e está «subserviente aos interesses estrangeiros», nomeadamente aos da «feiticeira Merkel».

«Com precariedade não há liberdade» e «Esta crise não é nossa» são duas das muitas frases de luta entoadas, por entre diversos megafones e grupos organizados, desde estudantes de engenharia até grupos extremistas, que hoje acabaram por não causar qualquer problema numa manifestação adjectivada por todos como «pacífica».

Os manifestantes começaram depois a subir e a reunir-se no Largo Camões, onde os Homens da Luta deveriam dar um espectáculo, mas a chuva começou a fazer desmobilizar a multidão.

Também no Porto, segundo a RTP, milhares de pessoas concentraram-se na Avenida dos Aliados contra a precariedade no mercado laboral, estimando-se um total de 80 mil nas ruas.

Já em Coimbra, várias pessoas saíram à rua, mas não foram suficientes para encher a Praça da República.

O protesto da «Geração à Rasca» arrancou às 15 horas em 11 cidades portuguesas e em oito outras cidades europeias, mas foi em Lisboa e no Porto que teve maior expressão.

http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=252023



Poucos políticos e todos discretos


A manifestação da "Geração à Rasca" em Lisboa contou com a presença de algumas figuras políticas, que tentaram passar despercebidos. Enquanto a marcha seguia pela Avenida da Liberdade abaixo, colocaram-se discretamente nas margens e no meio da coluna de protesto, misturando-se com a multidão.

O Bloco de Esquerda e o PCP fizeram-se representar pelos seus deputados mais jovens: Catarina Martins, José Guilherme Gusmão e Rita Calvário, no caso dos bloquistas; Rita Rato, João Oliveira, Miguel Tiago e Bruno Dias, no caso dos comunistas.

Presente na manifestação esteve também Garcia Pereira, do PCTP-MRPP, que se colocou fora de qualquer tentativa de colagem política face a esta manifestação. "Houve tentativas de colagem a este movimento espôntaneo. Até o Presidente da República, de repente, se lembrou de que havia jovens", declarou, à agência Lusa.

Quem também marcou presença em Lisboa foram os grupos de extrema esquerda e de extrema direita. Professores, advogados, médicos, precários e não precários, grupos anarquistas e nacionalistas fizeram da contestação e das palavras as principais armas do protesto. Na linha da frente da Avenida da Liberdade, um grupo de nacionalistas ostentava bandeiras negras, gritando "Acção, acção, lutar pela nação".

Além destes grupos, partiram também da Avenida da Liberdade centenas de estudantes vindos de Coimbra e movimentos gay, como os Pantera Rosa.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Nacio...ent_id=1804173




__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.

Last edited by RickHolland; March 12th, 2011 at 04:57 PM.
 
Old March 12th, 2011 #87
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default

Marine Le Pen poderá apoiar grupo nacionalista português

Grupos nacionalistas portugueses estão em contacto com partidos da extrema-direita francesa e italiana tendo em vista a criação de um novo movimento nacionalista, informou hoje à agência Lusa um ex-militante do CDS-PP que colabora com a Oposição Nacional.

"Já houve contactos com Marine Le Pen e Alessandra Mussolini, mas também com a Forza Nuova, um partido nacionalista italiano, que prometeu apoio logístico e ao nível da propaganda", disse Carlos Carrasco, antigo militante do CDS/PP do Barreiro que colabora com a associação política e cultural Oposição Nacional.

Segundo Carlos Carrasco, trata-se de um movimento agregador de diversos grupos nacionalistas de todo o país, a que se poderão juntar alguns ex-militantes do CDS-PP que já não se revêem no partido de Paulo Portas.

Carlos Carrasco adiantou que o novo movimento, que disse ser apadrinhado por Marie Le Pen e Alessandra Mussolini, vai ter a designação de Ação Social Portuguesa e poderá vir a transformar-se num novo partido político.

"Queremos constituir um movimento nacionalista capaz de agregar a grande maioria dos grupos nacionalistas que estão espalhados por todo o país e que mais tarde se poderá vir a transformar em partido", vincou.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/int...ent_id=1804357
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old March 13th, 2011 #88
Afonso Santos
Knight member
 
Afonso Santos's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: SA SS - Portugal
Posts: 363
Afonso Santos
Default

Quote:
Originally Posted by RickHolland View Post
Marine Le Pen poderá apoiar grupo nacionalista português

Grupos nacionalistas portugueses estão em contacto com partidos da extrema-direita francesa e italiana tendo em vista a criação de um novo movimento nacionalista, informou hoje à agência Lusa um ex-militante do CDS-PP que colabora com a Oposição Nacional.

"Já houve contactos com Marine Le Pen e Alessandra Mussolini, mas também com a Forza Nuova, um partido nacionalista italiano, que prometeu apoio logístico e ao nível da propaganda", disse Carlos Carrasco, antigo militante do CDS/PP do Barreiro que colabora com a associação política e cultural Oposição Nacional.

Segundo Carlos Carrasco, trata-se de um movimento agregador de diversos grupos nacionalistas de todo o país, a que se poderão juntar alguns ex-militantes do CDS-PP que já não se revêem no partido de Paulo Portas.

Carlos Carrasco adiantou que o novo movimento, que disse ser apadrinhado por Marie Le Pen e Alessandra Mussolini, vai ter a designação de Ação Social Portuguesa e poderá vir a transformar-se num novo partido político.

"Queremos constituir um movimento nacionalista capaz de agregar a grande maioria dos grupos nacionalistas que estão espalhados por todo o país e que mais tarde se poderá vir a transformar em partido", vincou.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/int...ent_id=1804357
É um projecto prometedor.

O grande problema que nós temos por cá é a lei que em muito limita a criação e a sobrevivência de um pequeno partido.

Aliás, recentemente os "senhores do poder" aprovaram uma lei que visa exterminar os pequenos partidos, visto que prevê a imposição de multas e responsabilidade pessoais que nenhum partido pequeno pode suportar. Os senhores já estão todos à mesa a encher o bandulho, e querem impedir que outros de fora lhes tirem o lugar.

Acerca deste último ponto, está a decorrer uma petição online para alterar a dita lei. Portugueses, participem!

http://www.peticaopublica.com/Petica...spx?pi=FINPART
 
Old March 16th, 2011 #89
gislei cesar
Banned
 
Join Date: Jan 2011
Posts: 424
Default Lojas renner/skrewdriver



Lojas Renner recolhe casaco com logotipo da banda Skrewdriver.

http://g1.globo.com/sao-paulo/notici...-protesto.html



...só pode ser obra de judeus,negros e colaboradores.
 
Old March 17th, 2011 #90
gislei cesar
Banned
 
Join Date: Jan 2011
Posts: 424
Default

Encontrada a caveira de cristal que pertenceu a Heinrich Himmler.




http://beforeitsnews.com/story/478/6...n_Germany.html
 
Old March 23rd, 2011 #91
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default Censos 2011- pode responder pela Internet até 10 de Abril

Boicote ao Censos-2011 dá direito a multa até 3.740 euros

http://www.jornaldenegocios.pt/home....S_V2&id=471843


Censos 2011: INE garante que não aplicará coimas

http://diariodigital.sapo.pt/dinheir...=154820&page=0


Para quem pensa que agora temos liberdade e que não vivemos dentro de uma sociedade de controlo.


http://so-me-apetece-cobrir.blogspot...tuicao-da.html

http://so-me-apetece-cobrir.blogspot...census-uk.html


Dados dos BI portugueses oferecidos aos EUA

http://ovigia.wordpress.com/2011/01/...cidos-aos-eua/
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old March 23rd, 2011 #92
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default "Os senhores não vão acabar com o PS"

Francisco Assis a destilar ódio após a oposição ter rejeitado a proposta do Socialistas que originou a queda do Governo.



O líder da bancada parlamentar do PS admitiu que o Governo pode cair, mas a crise política não vai acabar com o partido.


“Os senhores podem derrotar o Governo, mas não vão acabar com o PS”, disse Francisco Assis no encerramento do debate que hoje decorre no Parlamento, que deverá ficar marcado pelo chumbo do Programa de Estabilidade e Crescimento.

"Lá fora está um País que não quer eleições, aqui está constituída uma aliança instantânea de partidos que não se entendem em mais coisa nenhuma a não ser em abrir uma grave crise política", adiantou o responsável no discurso de encerramento.

"Os senhores podem dentro de instantes, irresponsavelmente, votar no sentido de provocar a queda do Governo, mas os senhores não vão derrubar o PS, não vão enfraquecer a nossa vontade", afirmou, dirigindo-se à oposição, tendo sido interrompido pelas palmas dos deputados socialista, que o aplaudiram de pé.

"Os senhores podem procurar pôr-nos fora do exercício do poder político, mas não nos retiram o mais imprescindível dos poderes em política, que é o poder da dignidade, de quem toma as decisões que têm que ser tomadas, de quem corre todos os riscos sempre em nome de Portugal", prosseguiu.

http://www.jornaldenegocios.pt/home....S_V2&id=475269
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old March 23rd, 2011 #93
Afonso Santos
Knight member
 
Afonso Santos's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: SA SS - Portugal
Posts: 363
Afonso Santos
Default

Esta foi para mim a mais significativa:

“Os senhores podem derrotar o Governo, mas não vão acabar com o PS”,

pois demonstra bem o espírito da nossa "democracia", em que a grande preocupação está na queda dessa coisa chamada PS, e não na queda do país...
 
Old March 24th, 2011 #94
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default Portugal está numa "situação de protectorado"

PEC: Portugal não é um protetorado mas um Estado Nação - Paulo Portas

http://aeiou.expresso.pt/pec-portuga...portas=f637397


Portugal está numa "situação de protectorado", afirma o líder do CDS-PP, no debate sobre o PEC que decorre no Parlamento.


O líder do CDS-PP aponta responsabilidades a PS e PSD pela situação de crise a que chegou o país e diz que o debate parlamentar sobre o PEC 4 "é o primeiro com o nosso país numa situação de protectorado".

O chumbo do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) é "acto de coerência" e de "dizer que em nós mandam os eleitores, em contraste com o Governo que colocou o país a ser governado pelos seus credores", afirmou Paulo Portas, na Assembleia da República.

Portugal só precisa de um novo programa porque os mercados internacionais e a União Europeia "não acreditaram na palavra do Governo sobre o cumprimento do PEC anterior", sublinha.

Paulo Portas recorda que este é o quarto PEC apresentado em menos de um ano e isso só aconteceu por culpa do Executivo de José Sócrates.

"Este PEC 4 é tão cruel quanto a propaganda do Governo é fantasiosa", acusa Paulo Portas, que compara o discurso do Executivo ao dos "curandeiros enganosos".

O país prepara-se para o quarto aumento de impostos em menos de um ano e está à beira de duas recessões em dois anos, sublinha Portas. Pior só a Grécia, porque outros países em crise no ano passado já registam crescimento, frisa.

"Se Portugal precisar de ajuda externa é porque o Governo conduziu o país a esta calamidade", afirma o líder do CDS-PP.

Paulo Portas recorda que há um ano pediu a demissão do primeiro-ministro e sugeriu a criação de um Governo de unidade. "Não nos deram ouvidos, falaram em arranjinho e o que o país teve no último ano foi uma sucessão de arranjinhos entre PS e PSD", declarou.

O primeiro-ministro quis que esta crise acontecesse e "só isso explica que ignorasse o Presidente" e o Parlamento.

O PSD, acusa Paulo Portas, depois de assinar os PEC anteriores decidiu "aceitar o momento que o primeiro-ministro escolheu para a crise". O PSD aceitou congelar as pensões mínimas, agravar impostos e admite novos aumentos, o que só poderá agravar a crise, adverte.

Os alertas do CDS não foram ouvidos, "PS e PSD são como são e essa é uma matéria que só pode ser tratada pelo eleitorado", sublinha Portas.

"Vivemos tempos de vésperas, transforme-mos em tempo de esperança, mudemos de vida", conclui o líder do CDS-PP.

Partido Comunista, Bloco de Esquerda, Verdes, CDS-PP e PSD apresentaram projectos de resolução contra o Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) do Governo, que vão a votos no final do debate de hoje.

http://www.rr.pt/informacao_detalhe....238&did=147833

«Sócrates prefere propaganda»

«O último sinal do ponto a que chegamos aconteceu hoje: o primeiro-ministro saiu assim que o debate começou. Às 8h da noite, estará na televisão. O senhor primeiro-ministro continua a preferir a propaganda em vez das instituições». As palavras são do líder do CDS, Paulo Portas, durante o debate e votação do debate e votação do Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC 4) para 2011-2014, no Parlamento.

José Sócrates abandonou o hemiciclo após o discurso inicial do ministro das Finanças, cumprimentando os ministros um a um.

Portas criticou os «arranjinhos» entre o PS e o PSD, lançando uma lista de conselhos sobre o que os social-democratas deveriam ter feito, mas que não fizeram.

«Se tivesse no lugar do líder da oposição e aprovado três PEC teria exigido acordos do Governo e evitado o vexame público, no mínimo», disse Paulo Portas, acrescentando: «Exigiria eleições por consenso para o país ter mudado de vida e aí o país teria ficado a conhecer a má fé do primeiro-ministro».

Para Portas, «o pais endivida-se para empobrecer e não para enriquecer», que a cada PEC se sucede outro PEC e «o quinto pode obviamente vir a caminho caso o BPN seja um problema».

Isto porque PEC é uma sigla irredutível: «P de programa não resiste à sucesão de programas, E de estabilidade não resiste à subida dos juros, C de crescimento não resiste à recessão».

«Este PEC 4 é tão cruel quanto a propaganda do Governo é fantasiosa», classificou o líder dos democratas-cristãos, no seu discurso no púlpito do plenário e para quem, «este é o primeiro debate com o nosso país em situação de protectorado e com o Governo a ser governado pelos seus credores».

Paulo Portas não terminou o seu discurso sem ainda se referir à atitude do Governo de não apresentar as linhas orientadoras ao Parlamento nem ao Presidente da República antes de as apresentar em Bruxelas, na cimeira de 11 de Março: «Não são questões de forma, são questões institucionais. Quando o senhor primeiro-ministro não fez o mínimo esforço para obter apoio, como não pensar que não fez de propósito?».

http://www.tvi24.iol.pt/politica/pec...1641-4072.html
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.

Last edited by RickHolland; March 24th, 2011 at 09:42 AM.
 
Old March 26th, 2011 #95
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default Pôr o dinheiro debaixo do colchão


Por um fio: Estado só tem dinheiro até Abril


Faltam verbas para pagar empréstimos que vencem em Abril e Junho

O quadro é negro e os recordes sucessivos nos juros da dívida soberana nacional são um reflexo disso mesmo. Precisamente por causa dos empréstimos que o país contrai para pagar dívida (ou seja, outros empréstimos), o Estado está a ficar sem dinheiro. O mealheiro fica vazio em Abril.

Como escreve o «Correio da Manhã», o dinheiro «acaba» mesmo no mês que vem, já que no dia 15 de Abril vence um empréstimo de 4,4 mil milhões de euros de Obrigações do Tesouro a 10 anos - capital e juros incluídos. E faltam dois mil milhões de euros aos cofres do Estado para honrar este compromisso.

Mas o pior ainda está para vir. Se em Abril o dinheiro acaba, Junho é o mês fatal. No dia 15 desse mês, o país precisa de pagar mais 4,9 mil milhões e 254 milhões de euros em juros, segundo a Bloomberg, por causa do empréstimo cujo prazo de reembolso termina nesse dia.

Depois, há outras despesas que o Estado soma: mais de dois mil milhões de euros em salários dos funcionários públicos e subsídios de férias; e outro montante para saldar empréstimos de duas empresas públicas - são precisos 300 milhões para a Refer e 75 milhões para CP.

Portugal está à beira do colapso? As necessidades de financiamento de Portugal até ao final do ano são ainda maiores e é preciso arranjar dinheiro para pagar os empréstimos contraídos. E o país está a ficar sem dinheiro e logo na altura em que o Governo se demite.

A ajuda que a União Europeia poderá dar às contas públicas, no caso de o resgate acontecer, será à volta de 75 milhões de euros, segundo o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker.

http://www.agenciafinanceira.iol.pt/...2060-1727.html
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old March 26th, 2011 #96
Afonso Santos
Knight member
 
Afonso Santos's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Location: SA SS - Portugal
Posts: 363
Afonso Santos
Default

Acção do PNR a 26 de Março, largo do Camões. Acordo ortográfico NUNCA!

 
Old March 27th, 2011 #97
Lusi
Senior Member
 
Lusi's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Posts: 714
Lusi
Default

Concentração no Largo Camões, em Lisboa
PNR protesta contra Acordo Ortográfico

Vários membros do Partido Nacional Renovador (PNR) reuniram-se este sábado à tarde, no Largo Camões, em Lisboa, para protestarem contra a aplicação do Acordo Ortográfico.

Erguendo bandeiras, vários elementos do PNR procuraram recolher assinaturas contra a aplicação da medida, defendendo que “a identidade não se vende”. O objectivo é avançar com uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos para o anular.

De acordo com o partido, o Acordo Ortográfico “é um atentado contra a nossa identidade e uma submissão humilhante e vergonhosa da língua-mãe ao Brasil”.

“O acordo contém inúmeros erros, imprecisões e ambiguidades que, em lugar de garantir a ‘unidade’ linguística, admite grafias facultativas, instalando assim a confusãom e gerando um verdadeiro ‘desacordo’ ortográfico interno”, refere o folheto distribuído pelo PNR.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/no...do-ortografico

Pelos visto não fomos esqueçidos.
__________________
Consciência e Realidade = O Essencial
 
Old March 27th, 2011 #98
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default Media Judaica internacional insulta Portugal

Portugal teria a ganhar em tornar-se uma província do Brasil

Colunista do Financial Times lança uma proposta provocatória para resolver a crise de dívida: que Portugal seja anexado pelo Brasil.

http://economico.sapo.pt/noticias/ft...il_114376.html


A Nation of Dropouts Shakes Europe

Portugal is the poorest country in Western Europe. It is also the least educated, and that has emerged as a painful liability in its gathering economic crisis.

The state of Portuguese education says a lot about why a rescue is likely to be needed, and why one would be costly and difficult. Put simply, Portugal must generate enough long-term economic growth to pay off its large debts. An unskilled work force makes that hard.

Cheap rote labor that once sustained Portugal's textile industry has vanished to Asia. The former Eastern Bloc countries that joined the European Union en masse in 2004 offer lower wages and workers with more schooling. They have sucked skilled jobs away.

Just 28% of the Portuguese population between 25 and 64 has completed high school. The figure is 85% in Germany, 91% in the Czech Republic and 89% in the U.S.

"I don't see how it is going to grow without educating its work force," says Pedro Carneiro, an economist at University College London who left Portugal to do his postgraduate studies in the U.S.

Education long was an afterthought here. "The southern countries like Portugal and Spain and the south of France and Italy, we have always had some problems related with education," says António Nóvoa, a historian who is rector of the University of Lisbon. "That's been like that since the 16th century."

The repressive dictatorship that ruled Portugal from 1926 to 1974 had the idea "that people should not have ambition to be something different than what they were," Mr. Nóvoa says. The result was widespread illiteracy and little formal schooling; just three years were compulsory. Huge leaps have been made since the 1970s, he says, but "it is not easy to change a history of five centuries."

Portugal has just begun phasing in 12 years of required schooling; now, Portuguese can leave school after ninth grade. Many do. The government says it is racing ahead with reforms. Mr. Sócrates points to an initiative that gives students laptops and to a far-reaching project to rebuild dilapidated schoolhouses. Results last year show students improving on standardized tests.

But it is a long road. "We have accumulated years and years of ignorant people," says Belmiro de Azevedo, a billionaire industrialist.

He described the system as calcified. The central administration wields tight control. Curricula are simultaneously undemanding and rigid. Dropout rates are high. Schools struggle to accommodate an influx of immigrants from Portugal's former colonies in Africa, such as Angola and Guinea-Bissau.

A push to evaluate teachers triggered searing strikes and demonstrations in 2008, souring relations between powerful teachers' unions and the government. The political life of education ministers is measured in months: since the dictatorship ended in 1974, there have been 27.

http://online.wsj.com/article/SB1000...989644198.html
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old March 27th, 2011 #99
RickHolland
Bread and Circuses
 
RickHolland's Avatar
 
Join Date: Apr 2009
Location: Jewed Faggot States of ApemuriKa
Posts: 6,666
Blog Entries: 1
RickHolland
Default Convívo com outras raças aumenta o racismo

Chineses não falam a língua, nem convivem, mas são os mais bem integrados



A maioria dos portugueses considera que os chineses são os imigrantes mais bem integrados apesar de não dominarem a língua nem conviverem com os cidadãos nacionais, revela um estudo, que alerta para a percepção de um crescimento de racismo.

Uma equipa de investigadores do Observatório da Imigração analisou o racismo em Portugal estudando os discursos de quatro grupos de diferentes estratos sociais e escalões etários. No final, concluiu que «entre os participantes grassa a convicção de que o racismo tem vindo a aumentar de forma legítima» devido à ideia subjacente de que os imigrantes são responsáveis pelo aumento da criminalidade, do desemprego e da descida dos salários.

Havia ainda a «percepção de que os imigrantes recebem mais apoios sociais do que os portugueses», revela o relatório Discursos do racismo em Portugal: Essencialismo e inferiorização nas trocas coloquiais sobre categorias minoritárias divulgado hoje em Lisboa, Dia Internacional de Luta Pela Eliminação da Discriminação Racial.

Os discursos eram diferentes consoante os grupos sociais em que decorriam as conversas: os jovens e a classe média-alta recusaram fazer generalizações e criticar comportamentos grupais, ao contrário do que aconteceu com os grupos médio-médio e médio-baixo.

Para os mais novos e classe social mais alta é através da educação e do estatuto social que se consegue definir as pessoas. No entanto, há uma minoria que reúne o consenso dos quatro grupos: os ciganos.

A equipa de investigadores ficou preocupada com o «despudor de todos os participantes em articular um discurso racista em relação aos ciganos», lembrou Edite Rosário, uma das autoras do estudo. Em todos os grupos de discussão, a justificação repetiu-se: as pessoas são hostis em relação aos ciganos porque eles se isolam.

À excepção do grupo de estatuto médio-alto, todos os outros consideraram que a integração se faz em termos económicos e, por isso, apontaram a comunidade chinesa como a mais bem sucedida. Já o grupo de estatuto médio-alto considera que os mais bem integrados são os europeus de leste, por estarem mais dispostos a trabalhar e terem a preocupação de aprender português.

Aos diferentes grupos de imigrantes foram atribuídas diferentes qualidades e defeitos: os chineses ficaram como os mais bem integrados. Edite Rosário lembrou que os elementos do grupo de classe média-média disseram que «não se conhecem chineses desempregados: eles trabalham aos sábados, domingos e feriados». O grupo de classe média-baixa também escolheu os chineses apesar de «não saberem falar português, nunca os verem a passear na rua nem a conversar com outras pessoas», recordou a investigadora.

Ao contrário dos chineses e indianos, que são vistos como «ameaças económicas», existem ainda «algumas minorias que são iguais e não gostam de trabalhar» (os ciganos e os romenos). Os ciganos e os «pretos» são também vistos como ameaças físicas e há até quem tenha dito que os brasileiros «matam como quem bebe um copo de água». Houve ainda quem defendesse que «todos viveriam muito melhor se as pessoas ficassem no seu país de origem».

A apresentação do relatório, que decorreu em Lisboa, foi presidida pela alta comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural, Rosário Farmhouse.

http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/...ntent_id=14718
__________________
Only force rules. Force is the first law - Adolf H. http://erectuswalksamongst.us/ http://tinyurl.com/cglnpdj Man has become great through struggle - Adolf H. http://tinyurl.com/mo92r4z Strength lies not in defense but in attack - Adolf H.
 
Old March 27th, 2011 #100
Lusi
Senior Member
 
Lusi's Avatar
 
Join Date: Jan 2011
Posts: 714
Lusi
Default

Vários membros do Partido Nacional Renovador...
PNR protesta contra Acordo Ortográfico

26 MARÇO 2011 (CM)

Vários membros do Partido Nacional Renovador (PNR) reuniram-se este sábado à tarde, no Largo Camões, em Lisboa, para protestarem contra a aplicação do Acordo Ortográfico..


Erguendo bandeiras, vários elementos do PNR procuraram recolher assinaturas contra a aplicação da medida, defendendo que "a identidade não se vende". O objectivo é avançar com uma Iniciativa Legislativa de Cidadãos para o anular.De acordo com o partido, o Acordo Ortográfico "é um atentado contra a nossa identidade e uma submissão humilhante e vergonhosa da língua-mãe ao Brasil"."O acordo contém inúmeros erros, imprecisões e ambiguidades que, em lugar de garantir a 'unidade' linguística, admite grafias facultativas, instalando assim a confusão e gerando um verdadeiro 'desacordo' ortográfico interno", refere o folheto distribuído pelo PNR.

http://www.sabado.pt/Ultima-hora/Pol...tografico.aspx
__________________
Consciência e Realidade = O Essencial
 
Reply

Share


Thread
Display Modes


All times are GMT -5. The time now is 03:31 PM.
Page generated in 0.20673 seconds.